sábado, 18 de julho de 2009

Reflexões

Estava eu limpando meu fogão quando vi coisas que não me agradaram... parece que meu fogão está de desmanchando!

Dai pensei... eu não lembro da minha avó e minha mãe trocar muitas vezes de fogão, e eles tinham uma aparência ótima ( o que o meu está deixando a desejar). Olhei para tudo que comprei depois que casei (6 anos), a geladeira está do mesmo jeito descascando na porta, enferrujando nos pézinhos, o celular já vem no manual instruções absurdas do tipo: Não fazer movimentos bruscos por ser frágil. Mas pensando bem, eu tenho celular para quê... eu não posso colocar na bolsa e correr para pegar um ônibus que o celular vai se desmanchar... me poupe. Comprei uma cozinha de aço, cara pra caramba, quase me rasguei para pagar, foi a prestação mais alta em valor que consegui pagar na minha vida. Meu marido já tinha tido experiência com esse tipo de móvel, temos eles ainda até hoje, eles tem mais de 15 anos, não tem quase nada de ferrugem, mas os meus que tem no máximo dois anos estão todinhos com ferrugem!!!! Trocamos os antigos por esses porque eu reformei toda a cozinha e eu queria tudo branquinho, e os antigos eram bege. São da mesma fábrica do anterior. Já troquei porque tem garantia, mas os novos já estão com ferrugem também. Vocês devem estar achando que eu sou porca mas não, sempre que molha eu seco e meu marido vem depois com o pano seco secar novamente!

E o computador então... a garantia é de um ano e já troquei tudo o que comprei nele, no mês de agosto termina a garantia dele e se pensar que as peças duraram menos de um ano, logo terei que comprar tudo novamente, não seria mais justo a garantia ser renovada ao trocar... porque eu entendo por garantia que o que comprei vai durar um ano pelo menos, se eu tive problemas com alguma coisa, essa garantia teria que se renovar por mais um ano contanto a partir da data de instalação da nova peça.

Os móveis são feitos de papelão, até o roupeiro que comprei de madeira (móveis de Gramado) o fundo dele é de compensado!

Não sei se o consumidor ficou volúvel, que quer trocar tudo toda hora ou se nos tornamos menos exigente, ou ainda o pior... que estamos sendo enganados que tudo está sendo feito sem nada de capricho de antigamente.

O fato é que eu não nasci para ficar trocando os móveis da minha casa de ano em ano. Tenho uma lista enorme de sonhos e desejos, e quando eu consigo comprar algum ítem da lista eu risco e não penso em comprar novamente, a fila tem que andar. Mas não é isso que está acontecendo.

Senti-me louca ao chegar na assistência técnica do computador... eles acham que tenho dinheiro para comprar um computador por mês... só pode ser! Porque a merda que o computador voltou duas vezes, eu quase que joguei o computador pra cima daquele otário que não gostou da reclamação que fiz. Mas não é verdade... quanto tempo eu fiquei sem vir aqui atualizar meu blog!

Eu me submeti a pagar caro pelas coisas que tenho dentro da minha casa, espero que elas pelo menos tenham desempenho satisfatório e durável. Se não eu teria comprado um celular descartável que seria mais fácil!!!

Por isso peço a todos que tenham a conciência e questionem reclamem quando acontecer algo parecido. Pois sei que o meu caso não é isolado. Acredito que a coisa está desse jeito porque as pessoas não reclamam, deixam por isso mesmo.

Ai que desabafo! E esse assunto não tem relação nenhuma com Reeducação Alimentar!

Tenham um ótimo final de semana
Bjocas
Daiene

2 comentários:

  1. As coisas hj são feitas para não durar, para que o consumidor se torne um consumista, e compre cada vez mais...
    Infelizmemte...
    Eu tb twnho coisas que ganhei ou comprei no meu casamento que já estão terríveis, e não por maus uso, mas pq não duram (e olhe que faz só 2 anos e 10 meses que casei...)
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Daiene, é isso mesmo. Lembro que antigamente as pessoas tinham a geladeira por praticamente toda a vida, trocavam às vezes não por defeito, mas para terem algo maior ou mais moderno. Até hoje na casa do meu irmão existem 2 geladeiras antigonas (mais de 30 anos) que funcionam super bem, embora tenham passado neste tempo por alguns reparos. E o que há de mais novinho, não dura mesmo. São coisas feitas para durarem pouco mesmo, para que se precise comprar mais. E o consumidor briga, reclama, mas ainda é pouco. Eu sou do tipo que bate o pé, só vendo, mas há coisas que transcendem a nossa vontade, não temos leis efetivas que obriguem os fabricantes a garantirem qualidade nos seus produtos. Há tanto interesse envolvido, não é?
    Bom, acho que o seu desabafo valeu.
    E a sua RA, como vai indo? Espero que continue firme tá? Você há de garantir, então, a SUA QUALIDADE DE VIDA, não vai fazer como os fabricantes de computadores, geladeiras etc. não é? Você é responsável, em grande parte, pela sua manutenção de uma forma bacana, e merece se dar o melhor.
    Beijo grande
    Beth
    http://aconquista.zip.net

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com sua visita e seu comentário!
Criticas construtivas e sugestões são sempre bem vindas.